Conte pros seus amigos
Share

Praia de Punta Cana ao por-do-sol



Passei 10 dias com 13 pessoas da minha família em Punta Cana, paraíso do mar azul e coqueiros na República Dominicana. Fui com meu marido, Bruno, meus 2 filhos, meus pais, minhas irmãs, meu cunhado e meus 4 sobrinhos.

Ficamos hospedados no Club Med Punta Cana. Na maioria das vezes, eu tinha a impressão que estava na França, e não numa praia no Caribe. Isso porque no Club Med, o idioma principal é o francês. Tanto dos G.Os (as pessoas que trabalham) quanto da grande maioria dos hóspedes. Bom, éramos uma turma de ruidosos brasileiros. O esquema é all inclusive e desde o café da manhã e seus croissants de chocolate, até o jantar com diversas opções de pratos e vinhos incluídos, tudo era uma profusão de comidas e bebidas. Se estiver pensando em ir para Punta Cana, comece pesquisando os diversos tipos de hotéis.

No Club Med eles prezam bastante o esporte, então tinha opções para todos os gostos. O Bruno jogava tênis, as sobrinhas adolescentes ficavam no grupo de adolescentes, eu e minhas irmãs fazíamos pilates e outras aulas numa “palapa” instalada especialmente na praia, em frente ao mar. Também tinha caiaque, windsurf, vela, arco e flecha. Nós levamos nossa parafernália de snorkel e vimos muitos peixinhos no fundo do mar clarinho clarinho.

Pessoas fazendo ginástica numa palapa em frente ao mar

Mulher mirando no arco e flecha

Snorkel num mar transparente, Punta canaO Club Med é o paraíso para crianças e famílias, adolescentes também, mas jovens como meu sobrinho que completou 25 anos lá têm poucas opções. Tem o vôlei de praia, tem as festas depois das 11h da noite, mas a maioria do público era mais velha. Para as crianças, tinha um clubinho maravilhoso, e eu via todas acompanharem os G.Os nas atividades o dia inteiro.

Mas meus filhos não se amarram nisso, então eles ficavam o tempo todo com a gente, se revezando entre o maravilhoso mar e a enorme piscina bem em frente. Toda noite, às 9h30, tinha um show no teatro, com apresentações de crianças ou adolescentes do clubinho mas também com shows bem transados, como um cover do Michael Jackson, que adoramos.
Tinha circo com trapezistas em que os hóspedes podiam se aventurar (o que nossa famíia não fez) e tinha um arco e flecha em que minha família se esbaldou.

Foi um momento muito bom… de encontro, de praia, de descanso. Mas faltava conhecer a República Dominicana. Isso porque ficar num resort com tudo incluído tinha mais a ver com ilha da fantasia. E o pouco que vimos da cidade não parecia uma cidade, mas centros comerciais como os que existem em Orlando. Senti falta de uma ruazinha com lojinhas. Senti falta de ouvir o espanhol.

Eu queria conhecer realmente o país onde Colombo pela primeira vez pisou a América. Então alugamos uma minivan e partimos em direção a Santo Domingo, a 200 km de Punta Cana. Aí sim conheci a República Dominicana. Mas isso é história para um outro post.

Links relacionados


 

Você gosta do nosso blog? Então lembre-se de nós quando precisar reservar hotel ou alugar carro. Afinal de contas, um blog independente como o nosso não tem outra fonte de renda. Pra ser mais legal ainda, coloque os links abaixo nos seus favoritos. Compartilhe, divulgue!
Já deixa os links nos seus favoritos, pra facilitar!!! Não custa nada pra você é para o blog já é uma grande ajuda! Nós ficamos agradecidos!!!


Booking.com

banner-horizontal-ebook-7passos

Conte pros seus amigos
Share