Vem Pro Cerrado no Salto Corumbá - Foto: blog Leve sem Destino
Brasília Goiás vem pro cerrado

Salto Corumbá: belas cachoeiras a 120km de Brasília

jul 05, 2017 Adriana Magalhães
Conte pros seus amigos
Share

Um belo programa bate-e-volta para quem está em Brasília é o Salto Corumbá, em Goiás (que pode bem se estender pelo fim de semana). Fizemos esse passeio em junho de 2017, com o grupo Vem pro Cerrado, 10 blogueiros obstinados a mostrar as belezas de nosso cerrado.

Fomos gentilmente convidados pelo complexo do Salto Corumbá, pelo que agradecemos bastante. É bom ressaltar que as opiniões emitidas aqui são fruto de nossa própria experiência. 

Onde fica o Salto Corumbá?

O Salto Corumbá é um complexo de cachoeiras que fica na beira da estrada de quem vai de Brasília a Pirenópolis por Cocalzinho. São apenas 120km, sendo 60 deles em pista dupla.

 

Eu sempre via e me maravilhava com a imponente cachoeira do Corumbá quando ia a Piri, mas nunca tinha parado para aproveitar o dia no Salto Corumbá. E te digo: foi maravilhoso!

Mapa - Fonte: Salto Corumbá

Cachoeira deliciosa, mesmo com frio

No dia em que a galera do Vem Pro Cerrado foi pro Salto Corumbá estava bastante frio. Chegamos lá às 10h e fazia 21 graus (um gelo para a região). Então, foi até agradável pegar a trilha que levava ao salto principal.

São 800m de trilha, em alguns momentos bastante íngreme, mas sempre com ajuda de escada ou corrimão.

Trilhas do Salto Corumbá

Dica amiga: não vá de chinelo, use tênis ou algo do tipo.

No caminho, o rio vai serpenteando ao lado da trilha e em vários momentos já conseguimos ver o salto e escutar o barulho da água caindo.

O cerradão lindo do Salto Corumbá

 

O salto tem um entorno muito gostoso, com bastante areia e, graças aos céus, tinha sol. Porque além do dia estar gelado, a água estava congelante também. As crianças, Léo (Atravessar Fronteiras), Biel (Vamos por Aí) e Pedro (Viagem sem Frescura) nem se abalaram com a temperatura da água e curtiram muito.

Salto Corumbá Salto Corumbá

Voltamos pelo mesmo caminho mas ficamos sabendo depois que existe uma outra trilha mais tranquila que também leva ao centro do complexo.

Salto Corumbá Salto Corumbá

Almoço no Salto Corumbá

 

Voltamos à área comum, onde tem piscina, lanchonete e o restaurante Caraíbas, com uma típica comida goiana a quilo, com mesas espaçosas e maravilhosa vista para o complexo.

Tirolesa

O Salto Corumbá oferece um circuito de tirolesas, pago à parte, que passa por cima de várias cachoeiras. Uma delícia, eu adoro tirolesa. Quem optar por fazer as 3, acaba caindo na água. Tem opção também de tirolesa com rapel.

Galera do Vem pro Cerrado se preparando para a tirolesa no Salto Corumbá

 

Toboágua

Uma das grandes atrações do Salto Corumbá são dois toboáguas bem grandes que são vistos da estrada. O Léo estava doido para ir lá e curtiu muito. Mas fique ligado: de 12h às 13h o toboágua para para almoço.

A estrutura toda do complexo é muito boa, com trilhas sinalizadas e infra-estrutura em ótimo estado. Sem dúvida, uma ótima opção, no meio do caminho entre Brasília e Goiânia e bem pertinho de Pirenópolis (35km).

Salto Corumbá Salto Corumbá Salto Corumbá

Os preços do Salto Corumbá

Os ingressos para passar o dia no parque custam, durante a semana, R$ 35,00, e fim de semana e feriado, R$ 40,00.

As atividades extras têm os seguintes valores:

Passeio a cavalo: R$ 20,00 a R$ 30,00.
01 Rapel + 02 Tirolesas: R$ 90,00.
Boia Cross: R$ 50,00.
03 Tirolesas: R$ 50,00.

Também existem opções para a pousada e para o camping, confira os valores aqui.


Outros Blogueiros do Vem pro Cerrado também escreveram sobre a experiência no Salto Corumbá


 

Você gosta do nosso blog? Então lembre-se de clicar nesses banners quando precisar reservar hotel ou alugar carro. Aliás, já coloca nos seus favoritos!!!

Não custa nada pra você é para o blog já é uma grande ajuda!

Booking.com

banner-horizontal-ebook-7passos

Conte pros seus amigos
Share