Visita à Fábrica da Guinness
Irlanda Sem categoria

Fábrica da Guinness em Dublin: essa você tem que conhecer

jul 04, 2017 Adriana Magalhães
Conte pros seus amigos
Share

Eu já fui duas vezes à Fábrica da Guinness em Dublin, e te digo: mesmo que o gosto da cerveja preta mais famosa do mundo não te agrade, você tem que conhecer.

Todas as dicas abaixo quem dá é o marido/especialista/colaborador/bebedor Bruno Lourenço.


Tomando uma Guinness na fábrica em Dublin“Não sou fã do estilo. Mas lá em Dublin foi a cerveja que mais tomei”. Ou “Nunca gostei, não faz o meu estilo. Mas agora penso nela e lembro da Irlanda… estou doido pra tomar uma!”.

Esses comentários são de amigos que estiveram comigo em uma viagem fantástica a Dublin. E é claro que estão falando da Guinness, a cerveja escura que é a cara dos irlandeses. E que virou uma de minhas favoritas, talvez por me trazer essa lembrança de uma terra espetacular.

Minha relação de amor com a Guinness começou um pouco antes de viajar para a Irlanda pela primeira vez, em 2014. Após um dia muito quente, cheguei em casa doido pra tomar uma cerveja refrescante. E só tinha a Guinness na geladeira. Mas pela cor pensava que não ia combinar, “Ah, é escura, deve ser muito forte, queria algo leve”. Pra minha surpresa, no entanto, ela desceu redondo, refrescante. Gostosa como uma lager, apesar da cor que sugeriria algo mais encorpado como uma ale inglesa.

Tomando uma Guinness em Dublin

Depois veio a viagem pra Dublin. No primeiro pub, foi a confirmação de que era uma cerveja deliciosa. Tomei gosto pela Guinness. E descobri que ela fica melhor ainda intercalando com IPAs (Indian Pale Ale), ales, cervejas mais amargas e lupuladas.

Pra sacramentar o casamento, veio a visita à fábrica da Guinness, em St James’s Gate, um enorme prédio numa área um pouco afastada do centro, mas que dá para ser acessada a pé (tudo em Dublin é pertinho).

O tour custa a partir de 14 euros e oferece uma imersão na história da cerveja e da cervejaria, curiosidades sobre o criador, Arthur Guinness, as campanhas publicitárias da marca (famosas e referências na Europa) e, o melhor, a aula de como tirar um “perfect pint”.

Fábrica da Guinness em Dublin Fábrica da Guinness em Dublin Fábrica da Guinness em Dublin

Como tirar o perfect pint da Guinness?

Durante a visita, o guia ensina direitinho como fazer para a Guinness sair bonita na foto. Não vou passar spoiler, então  clique ali se quiser saber como deve ser o perfect pint.

Eu confesso que saí de lá convencido de que Guinness só é Guinness se for tomada no copo dela, com a harpa no fundo e o nome na frente. Nunca mais comprei latinhas da Guinness e tomei no gargalo.

Apesar da tecnologia das latinhas, que garante realmente uma excelente degustação, com a espuma cremosa característica, o chope tirado na torneira é insuperável.

Fábrica da Guinness em Dublin Fábrica da Guinness em Dublin Fábrica da Guinness em Dublin Fábrica da Guinness em Dublin Fábrica da Guinness em Dublin

Arthur Guinness: visionário ou maluco?

O fundador Arthur Guinness era um cara visionário. Ou Maluco. Ou bom de marketing. Pra instalar a fábrica nas instalações de uma cervejaria caindo aos pedaços em St. James n. 39, Gate ele assinou no último dia de 1759 um contrato de leasing de 9 mil anos. Acho que era uma forma de dizer que estava chegando para ficar.

Livro dos Recordes

Um dos diretores da Guinness durante uma caçada pensou como seria legal ter um livro com respostas para perguntas como “qual é o animal mais rápido?”. A cervejaria patrocinou o livro que seria um ótimo gancho para debates nos pubs. Assim surgiu o The Guinness Book of Records. A capa da primeira edição, em 1955, consistia apenas nessa frase e a harpa da empresa.

Terraço Panorâmico

O ingresso dá direito à degustação de duas Guinness. A primeira, normalmente, na aula de tirar o perfect pint. A segunda você pode tomá-la em vários pontos na visita ou guardar para o final, no terraço panorâmico. Normalmente é a escolha da maioria. De lá temos uma vista incrível de Dublin. Imperdível. Nesse bar só servem a tradicional Guinness, pretinha.

No bar no andar de baixo é possível encontrar as outras cervejas da família Guinness. Sim, Guinness não é apenas dry stout. Tem IPA, Lager, Pale Ale …

Toda a nossa galera brindando com Guinness no terraço panorâmico

Perfect Pint

É uma delícia tomar aquele chope perfeito tirado por você mesmo. Mas fica a sensação de querer mais. Eu dei uma de João-sem- braço e fui tirar foto com o copo pela metade e servindo um pouquinho mais. O guia percebeu a malandragem e me deu uma dura. Mas, demonstrando que o irlandês é o Brasil na Europa, ele falou que já que eu tinha começado a besteira, devia me envergonhar de não fazer direito. Então ele me encaminhou à torneira para eu terminar de tirar o pint dentro dos padrões da Guinness. Mais um perfect pint.

Fábrica da Guinness em Dublin

 


Você gosta do nosso blog? Então lembre-se de nós quando precisar reservar hotel ou alugar carro. Afinal de contas, um blog independente como o nosso não tem outra fonte de renda. Pra ser mais legal ainda, coloque os links abaixo nos seus favoritos. Compartilhe, divulgue!
Não custa nada pra você é para o blog já é uma grande ajuda! Nós ficamos agradecidos!!!


Booking.com

banner-horizontal-ebook-7passos

Conte pros seus amigos
Share