Irlanda

Por que eu amo Dublin?

maio 16, 2017 Adriana Magalhães
Conte pros seus amigos
Share

 

Se você acompanha o blog, deve ter percebido que eu gosto de uma festa. Gosto de carnaval, gosto de música, gosto de sair, gosto de dançar.

Esqueça tudo o que você já imaginou sobre uma cidade animada. Dublin deixa todas as outras no chinelo. As pessoas em Dublin não precisam de motivo para comemorar. Eles comemoram o tempo todo, toda hora, todo dia.

Quando o amor começou?

Estive em Dublin pela primeira vez em 2014. Daquela vez, fomos somente eu e Bruno. Nós aproveitamos muito, mas toda hora parávamos o que estávamos fazendo e pensávamos: e se viéssemos para cá com a galera?

Três anos depois, o sonho se concretizou. Fizemos a viagem com mais 8 casais (isso mesmo: oito casais) amigos, brothers de uma vida, aquele pessoal com quem sonhamos estar em Dublin, inclusive minha irmã.

Não podia ser melhor. Ficamos hospedados quase todos no mesmo hotel, o Harding Hotel, muito bom, bem em frente à ChristChurch Cathedral, a poucos metros do agito do Temple Bar. Uma parte da galera ficou num hotel bem pertinho, o Jury’s Inn, então não tínhamos problemas para nos encontrar toda hora. Além disso, dois amigos compraram cartão SIM, e irradiavam o sinal para nós, ou seja, quase sempre estávamos online para marcar o próximo evento.

Harding Hotel, em Dublin

Christchurc Cathedral, Dublin

meu amado David Bowie pelas ruas de Dublin

 

Maratona de pubs

Sim, fomos a vários pubs todos os dias. No início da tarde, a coisa é mais tranquila, vamos aos pubs basicamente para comer, beber e papear. Mas os pubs de Dublin nunca são desanimados, mesmo sem a música ao vivo. São todos lotados, uma galera vibrante o tempo todo.

 

Quando a noite ia caindo, começávamos a procurar por boa música ao vivo. Ali no centrinho do Temple Bar, que é o “bairro” dos pubs mais badalados e turísticos de Dublin, íamos a vários curtir uma boa música e dançar, como o Gogarty’s, o The Quay’s, o PorterHouse e o próprio Temple Bar. Fique tranquilo que, em breve, vamos publicar um post sobre os pubs que mais gostamos. E a noite passava assim, dançando de pub em pub. Não espere um pub vazio em Dublin, é difícil arrumar um lugar para sentar, mas você vai querer dançar mesmo o tempo todo, pra que sentar? E a perdição era que embaixo do nosso hotel também tinha um pub, ou seja, nunca chegávamos em casa direto para dormir…

O bom de tudo é que as pessoas são muito animadas. Todo mundo dança, bebe, se diverte, mas não vi nenhuma confusão, ninguém alterado. Todos muito educados, por sinal!

Nos pubs de Dublin

Nos pubs de Dublin

Nos pubs de Dublin

Temple Bar, Dublin

Nos pubs de Dublin

Nos pubs de Dublin

Cidade linda

Além de tudo, Dublin é uma cidade linda, cortada pelo rio Liffey, com pontes lindas ligando os dois lados da cidade. A cidade é pequena, não usamos transporte público nenhuma vez dentro de Dublin, dá pra fazer quase tudo a pé mesmo. Dublin é verde, seus parques são maravilhosos. A cidade respira história, reserve um tempo para conhecer seus principais pontos, como a Christchurch Cathedral (vale a pena pagar para entrar) e o Dublin Castle, por exemplo. 

Dublin

Christchurch Cathedral, Dublin

 

Os arredores de Dublin

Bem perto de Dublin, saindo meia hora, você conhece a Irlanda selvagem, seus gramados verdes, suas montanhas lindas, sua história, como nas Wicklow Mountains em que conhecemos lugares fantásticos e o mosteiro de Glendalough, como contei nesse post.

O castelo de Malahide também fica pertinho de Dublin e é uma maravilha!!!

Malahide Castle, Irlanda

Por essas, Dublin conquistou de vez meu coração. Sempre haverá uma pontinha de saudade corroendo meu coração ao lembrar de lá!

 

Veja também

Você gosta do nosso blog? Então lembre-se de clicar nesses banners quando precisar reservar hotel ou alugar carro. Aliás, já coloca nos seus favoritos!!!

Não custa nada pra você é para o blog já é uma grande ajuda!

Booking.com

banner-horizontal-ebook-7passos

Conte pros seus amigos
Share