Fernando de Noronha com crianças
Pernambuco

Fernando de Noronha para crianças

dez 19, 2015 Adriana Magalhães
Conte pros seus amigos
Share
Muita gente fica na dúvida de levar ou não crianças para Noronha. Afinal de contas, são kms e kms de praias quase selvagens, com pouca estrutura como banheiro e lanchonete. Acabei de voltar de Noronha com meus filhosLéo andando de buggy em Noronha Arthur, de 11 anos, e Léo, de 8, e recomendo demais!


Não recomendaria se eles fossem bebês. Isso porque a melhor atração, na minha opinião, é a vida marinha, o mergulho com snorkel, e isso é incompatível com bebês. Mas na idade deles, a gente juntava comida e água na mochila (itens essenciais), uma barraquinha para se esconder do sol, muito filtro solar, chapéus, máscara, snorkel e prancha inflável de bodyboard (sim, isso existe), e saíamos para curtir Noronha.


Eu já fui a Noronha duas vezes antes de ter filhos. Naquela época, eu andava muito, saía sem rumo, caminhando o dia todo, subindo em pedras. Hoje em dia, aluguei um buggy por todos os dias em que fiquei lá. Os meninos já se cansavam nas trilhas, imagina ter que andar até chegar nas praias? O buggy resolveu demais e ainda divertiu a galera.
Veja abaixo um vídeo que fiz da feliz união de crianças e Noronha.


Sancho

eu e Léo descendo a escada do SanchoPra mim, a praia mais bonita de Noronha é a do Sancho. Qualquer foto de Noronha sempre mostra aquele paredão recheado de um mar azul esverdeado lindo de viver. Mas descer no Sancho não é para os fracos. Tem uma escadinha de metal fincada numa fenda nas pedras que temos que encarar. A escada é até segura, mas sempre íamos à frente dos meninos (meu marido e eu) para amparar caso eles escorregassem. Para crianças menores de 6 anos, acho que fica complicado descer ali.


O Sancho é perfeito para adultos e crianças

Agora, depois que você desce, o Sancho é o paraíso na terra. Tem uma única árvore que dá sombra para quem quiser se esconder do sol. A vida subaquática ali é simplesmente inacreditável, uma visibilidade incrível, cardumes e cardumes de peixes, sempre vejo arraias. Para mim, o sancho é programa imperdível e inesquecível em Noronha. Os meninos também ficaram encantados de mergulhar ali.
Crianças mergulham felizes em Noronha, Praia do Sancho

Em outro dia, voltamos ao Sancho por mar, num passeio que percorre todo mar de dentro da ilha. Ficamos uma hora mergulhando no Sancho, num lugar mais fundo, onde podíamos ver corais e muitos cardumes. As crianças AMARAM! Aliás, nesse passeio de barco, vimos dezenas de golfinhos acompanhando nosso barco. Diversão garantida. O passeio foi feito no barco Trovão dos Mares.
Dois Irmãos visto do passeio de barco em Noronha


Projeto Tamar

Outro passeio bem legal para crianças são as palestras gratuitas que ocorrem toda noite às 20h no Projeto Tamar. Certamente a palestra preferida deles foi sobre tubarões, mas também gostaram muito do dia em que falaram de golfinhos. Batíamos ponto no Tamar todas as noites.


Museu do Tubarão

O Museu do Tubarão, bem pertinho do porto de Noronha, também é um passeio legal. O espaço é incrível, tem um morro com uma capelinha de onde se pode ver um berçário de tubarões. No museu, além de muitas informações sobre tubarões, tem um restaurante gostoso onde se pode comer bolinho de tubalhau (especialidade deles, é feito com carne de tubarão) e uma lojinha.


Praia da Conceição

Crianças se divertem com as ondas imensas na praia da Conceição

A praia para onde os meninos SEMPRE queriam voltar era a Conceição. Com o que eles se encantavam tanto? Primeiro, as ondas. Estávamos na época de onda de surfista em Noronha, com tubos PERFEITOS. Claro que os meninos não iam para as ondas, mas pegavam a prancha inflável que levamos e pegavam a espuma. Nunca vi tanta areia na sunga dos meus filhos e nunca vi eles tão felizes de pegar onda. O visual ajuda também. E o acesso, que dá para ser feito por carro.
No primeiro dia em que estivemos ali, vimos alguns tubarões no mar, bem rasinho. Os meninos ficaram DOIDOS.


Por-do-Sol no Forte dos Remédios

Sol se pondo em Noronha
Esse é programa indispensável em Noronha. Tem que ter perna para subir até o forte, os meninos gostaram de passear pelas ruínas. Além disso, o pôr-do-sol ali é coisa indescritível. Uma beleza. Só estando lá para saber.

As pessoas me alertavam que não tinham coragem de levar crianças para Noronha por não ter um hospital com UTI na Ilha. Confesso que isso me preocupou um pouco. Mas se formos pensar e pesar todas as possibilidades de tragédias que podem acontecer numa viagem, nem saímos de casa, não é mesmo? Por isso, acho legal arriscar e rezar para que não aconteça nada.


 

 

Links relacionados


Você gosta do nosso blog? Então lembre-se de nós quando precisar reservar hotel ou alugar carro. Afinal de contas, um blog independente não tem outra fonte de renda. Pra ser mais legal ainda, coloca os links abaixo nos seus favoritos. Compartilhe, divulgue!
Não custa nada pra você é para o blog já é uma grande ajuda! Nós ficamos agradecidos!!!


Booking.com

banner-horizontal-ebook-7passos

Conte pros seus amigos
Share