Argentina

No meio do nada tinha uma cidade…

maio 24, 2009 Adriana Magalhães
Conte pros seus amigos
Share

Em 2003, quando eu, Bruno, Xis e Lê, viajamos pela Patagônia, Calafate era nosso segundo destino. Do avião, uma visão do paraíso. O Lago Argentino, mais do que azul, azul inacreditável, pontilhado de icebergs, em meio ao deserto. Ao lado, uma cidade. Essa é El Calafate.

Centro de El CalafateCalafate tem pouco mais de 17 mil habitantes, mas já é um grande destino turístico da Argentina. A cidade é simples, do jeito que eu gosto. Uma rua principal recheada de restaurantes, chocolaterias (pense na ovejita, rellena de dulce de leche), lojinhas, tudo muito legal.

Mas é o entorno de Calafate que mais encanta. A 80 km da cidade fica o glaciar Perito Moreno, uma maravilha da natureza. Os blocos de gelo altíssimos vão sendo empurrados do fundo e caem, toda hora, no lago. O barulho daquelas toneladas de gelo caindo na água é uma coisa impressionante. A visão é um espetáculo. Pegamos até um barco para observar mais de perto.


Porém, o que marcou mesmo nossa visita ao Perito Moreno foi que o presidente Lula, em visita à Argentina, reservou esse mesmo dia para visitar o glaciar. Sabíamos que Lula estaria ali e levamos nossas camisas das eleições – Lula tinha tomado posse naquele ano e ainda estávamos entusiasmados com ele. Mas nunca pensamos que encontraríamos a comitiva.

Quando estávamos admirando o glaciar, passou um policial federal do Brasil e nos disse que Lula estava chegando e ia passar por ali. Esperamos. E Lula chegou. Bruno, como se fosse amigo de infância, gritou para a primeira dama Marisa, chamando-a para descer do barco. E lá vem em nossa direção, todos simpáticos, Lula, Marisa, Palocci, e o presidente da Argentina Nestor Kirschner, e sua mulher, Cristina, que hoje é presidente da Argentina.

Demos beijinhos em todos, o Lula nos apresentou ao casal Kirschner – você pode imaginar, um presidente apresentando outros dois a mim? Até o taxista, Marcos, que estava incumbido de tirar nossas fotos, entrou na farra e fomos muito fotografados pelos fotógrafos oficiais da presidência. Bruno até recomendou a Lula que não deixasse de comer o cordeiro patagônico. Hilário é pouco. Nesse dia, cansamos de rir e lembrar momentos divertidos.

Um momento hilário foi em que a Lê passou para o fotógrafo oficial a câmera dela, já que nosso taxista Marcus, encarregado previamente das fotos, era o mais entusiasmado e não parava de rir e conversar com seu presidente Nestor. É o Marcus que está abraçado ao Bruno e à Lê na foto abaixo.

Pois bem, já que o Marcus não tirou as fotos, Lê passou a câmera ao fotógrafo oficial. Lula disse assim: “pode deixar que ele manda as fotos dele para você”, ao que foi repreendido por Marisa Letícia: “benhê, ela quer tirar com a máquina DELA!”. E foi feita a vontade da primeira dama.

 

 

Mas voltando a Calafate, a cidade é uma porta de viagem para outros destinos muito procurados na Patagônia: Torres del Paine, no Chile, e El Chaltén, na Argentina. É de Calafate que partem os ônibus para as aventuras imperdíveis nesses dois lugares, também perdidos no meio do nada. Mas essa é história para outros posts…
SERVIÇO

  • Chegamos de avião, vindos de Ushuaia. Mas pode-se chegar de avião a Calafate diretamente de Buenos Aires, distante 2.700 km. Ou de ônibus, se preferir mais emoção e aventura.
  • Ficamos no Apart Hotel Kau, bem no centro de Calafate. Era um hotel simples. Mas existem opções chiquérrimas de hospedagem. Para todos que querem visitar a patagônia, sempre indico o Interpatagonia. É um site completo.

Você gosta do nosso blog? Então lembre-se de clicar nesses banners quando precisar reservar hotel ou fazer alguma compra online. Não custa nada pra você é para o blog já é uma grande ajuda!


Booking.com




Dri, trabalho com a Patagônia há 13 anos, no começo eram raríssimos brasileiros por lá, hoje você não anda pelas ruas de Calafate e Ushuaia sem escutar o português do Brasil entre os transeuntes. Calafate já conta com 17 mil habitantes, cresceu muito. Sua passagem com Lula, no Perito Moreno, foi por demais interessante e inusitada. Vocês foram a El Chalten, um lugar que considero fantástico? Sou o pai da Ana Paula Barcellos.

Eu já tinha comentado aqui que estamos com a Argentina na mira… digo, que este País será certamente o próximo destino, na América do Sul, a ser descoberto por nós. Suas dicas estao sendo valiozíssimas! Fiquei boaquiaberta com os bancos de gêlo, com a idéia dos blocos caindo no lago e o ruído que fazem… Em que época vcs tinham viajado? Qual a melhor?
Adorei o “detalhe” do encontro com o Presidente Lula, sua comissao e toda graca que surte deste tipo de situacao. Gostoso de ler. Beijo grande!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *